Tecnologia francesa aporta na Bahia

Núcleo de treinamento de mão-de-obra para reparos em embarcações turísticas é pioneiro no Brasil.
Porto de atracação da Ilha de Itaparica, Bahia. Estado recebe investimentos e tecnologia francesa para o desenvolvimento da indústria naval.
Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje. Com. br
Um acordo entre o Ministério do Turismo e a Federação de Indústrias Náuticas da França (FIN) trará ao Brasil uma estação de tecnologia francesa para reparo de barcos turísticos de lazer. De acordo com Hermano Carvalho, diretor de Financiamento e Promoção do Investimento do MTur, o primeiro centro de capacitação para mão-de-obra do segmento será instalado na Bahia. O acordo foi firmado na manhã desta sexta-feira (11), no Porto de Versailles, na França, durante o Salão Náutico de Paris.
A carta de intenções trata também da possibilidade de construir uma estação costeira para locação de barcos de lazer, como veleiros, lanchas e iates. Cerca de 15 empresas estrangeiras declararam seu interesse no empreendimento, o que “poderia atrair para o país um público mundialmente disputado no cenário turístico, por ser de alto poder aquisitivo”, afirmou Carvalho. “Já existe demanda internacional para o desenvolvimento deste mercado no Brasil, território favorecido pelo vasto litoral de belezas naturais e pela atual conjuntura econômica”, avaliou o diretor.
Durante o evento, a comitiva brasileira também se reuniu com grupos estaleiros franceses que estão interessados em estabelecer uma base brasileira. (fonte: Feira Hoje)

 

 


Catálogo da Indústria Marítima



Marintec Navalshore