Novas unidades e serviços de revitalização em plataformas aquecerão mercado de manutenção

• A indústria naval brasileira acredita que, nos próximos dois a três anos, empresas da área de exploração e produção de petróleo e gás vão demandar mais serviços em unidades marítimas, como plataformas, sondas, flotéis e módulos. A expectativa é que companhias nacionais e estrangeiras façam novas manutenções e modificações assim que as atividades de perfuração forem reaquecidas. Estaleiros, fornecedores e empresas de serviço estão atentos às novas unidades previstas para entrar em operação, à maior participação das petroleiras de fora do Brasil e às plataformas que terão a vida útil estendida. A demanda baixa atual, no entanto, tem gerado grande disputa quando surgem novas concorrências.


Schottel



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec