'S40 Riachuelo' realiza primeira navegação independente

A primeira navegação independente do submarino "Riachuelo", sem a necessidade do uso de rebocadores, foi realizada na terça-feira (12). Esta fase é de grande importância para que a tripulação adquira a confiança necessária para cumprir todos os exercícios de mar realizados a mais de 8 milhas náuticas do cais 12, seu ponto de partida.

Entre os treinamentos programados estavam os de propulsão e lemes, sistema de combate, mesa tática, radar, periscópios, eco e todos os sistemas de combate que associados à plataforma confirmam a segurança ao navio.

O sucesso desta operação possibilitará os próximos passos: a imersão estática e a imersão dinâmica com o submarino em movimento.

O dia é histórico para a ICN Construções Navais, Naval Group e a Marinha do Brasil


Catálogo da Indústria Marítima


Diversas atividades seguem acontecendo paralelamente no Complexo Naval de Itaguaí, como a preparação dos tubos de lançamento de torpedos do S43 Angostura, último submarino convencional do Prosub. Instalados na calota de vante da embarcação, o manuseio do equipamento exige grande habilidade do time de produção da ICN, que precisa desmontar a peça para minimizar os riscos de danos no momento da solda de fixação interna no submarino.

Após a solda, os componentes são remontados e posicionados milimetricamente para a instalação dos 6 tubos. Todos os tubos lançam torpedos e mergulhadores, contudo, dois destacam-se por também lançar mísseis e minas aquáticas.


Marintec Navalshore