O primeiro porta-aviões de produção nacional de China zarpou do cais do estaleiro de Dalian na Província de Liaoning no nordeste, para começar as provas dos sistemas fundamentais como comunicação, combustível, segurança contra incêndios em alto mar, de acordo com a notícia da televisão Central da China (CCTV).

Os veículos aéreos e sistemas de armas não estarão no primeiro teste do porta-aviões fabricados pela DSIC (Dalian Shipbuilding Industry Company), a maior empresa do país dedicada à fabricação de estaleiros navais.

O navio é capaz de transportar 50 mil toneladas e mede 315 metros de comprimento e 75 de largura.

 

A embarcação classe 001A, cuja construção começou em 2012, tem uma plataforma curvada chamada como uma rampa de salto, em vez de longas pistas para facilitar a decolagem de aeronaves.

A companhia produtora 'a Corporação Chinesa de Indústria Naval' (CSIC) vai testar o barco durante seis meses. Prevê-se que, após a entrada em serviço, o navio leve cerca de 40 aviões de caça J-15.

Espera-se que o porta-aviões 001A, que foi lançado em abril do ano passado, esteja incluído no inventário do exército em 2020.

Fonte: TRT

Comentários


Cash Computadores



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec