Petrobras e IPT inauguram laboratório dedicado à engenharia naval

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) inaugura hoje em São Paulo as novas instalações de seu Centro de Engenharia Naval e Oceânica. O Centro passou por uma completa reformulação física e tecnológica, tornando-se o mais moderno da América Latina em sua área de atuação. Dessa forma, o IPT passa a ter condições de atender às novas demandas de suporte tecnológico da Petrobras e da Transpetro para os setores de transportes marítimos e de construção de plataformas de petróleo. O presidente da Transpetro, Sergio Machado, e o gerente executivo do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes), Carlos Tadeu da Costa Fraga, participam da inauguração.


A reforma do Laboratório de Engenharia Naval do IPT faz parte de uma estratégia de investimentos da Petrobras em universidades e institutos de pesquisa brasileiros que tem possibilitado uma significativa transformação na infraestrutura laboratorial da academia nacional. Desde 2006, a Petrobras tem investido cerca de R$ 400 milhões por ano em cerca de 80 instituições de todo o Brasil, que, organizadas em redes temáticas coordenadas pelo Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes), desenvolvem soluções tecnológicas para os principais desafios da indústria de energia.

O projeto do novo laboratório de engenharia naval do IPT foi concebido para atender a três objetivos: criar um centro multiusuários, com 15 estações de trabalho para pesquisadores, projetistas e clientes do Instituto; incrementar a capacitação laboratorial do Centro, por meio de equipamentos modernos de medição para ensaios no tanque de provas, túnel de vento e túnel de cavitação (estudo de hélices); e reduzir o tempo de construção de modelos físicos para serem testados nesses laboratórios. (Da redação)

PUBLICIDADE

Rimac



Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios