A produção de petróleo e gás natural no Brasil, em setembro, foi de 3,196 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), informou nesta segunda-feira, 5, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A participação do pré-sal, de 55,8%, foi recorde, destacou a agência em comunicado oficial. Na região, foram extraídos 1,783 milhão de boe/d, um aumento de 3,7% em relação ao mês anterior. Foram produzidos no pré-sal 1,419 milhão de barris de petróleo por dia (bpd) e 58 milhões de metros cúbicos diários (m3/d) de gás natural por meio de 85 poços.

Ao todo, contabilizando pré e pós-sal, o País produziu 2,486 milhões de barris por dia de petróleo, uma redução de 1,4% ante o mês anterior e, de 5,9% frente a setembro de 2017. Já a produção de gás natural totalizou 113 milhões de m3 por dia, um aumento de 6,1% em comparação ao mês anterior e uma redução de 0,9%, se comparada com o mesmo mês do ano passado. O campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural. Produziu, em média, 851 mil bpd de petróleo e 35,5 milhões de m3/d de gás natural.

Segundo a ANP, o aproveitamento de gás natural no Brasil no mês de setembro alcançou 97,2% do volume total produzido. Foram disponibilizados ao mercado 56,4 milhões de m3/d. A queima de gás totalizou 3,1 milhões de m3/d, uma redução de 0,6% se comparada ao mês anterior e de 7,7% em relação ao mesmo mês em 2017.

 

Fonte: Click RBS

Comentários


Cash Computadores



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec