Marintec Navalshore

OGX encontra pré-sal em águas rasas de Santos

São Paulo - A OGX, braço de exploração e produção de petróleo e gás natural do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, anunciou que foi confirmada a existência de reservatórios microbiais no pré-sal com hidrocarbonetos em águas rasas da Bacia de Santos. Segundo o comunicado da empresa, Conforme anunciado anteriormente, "o poço pioneiro 1-OGX-63-SPS, no bloco BM-S-57, identificou hidrocarbonetos em reservatórios na seção aptiana, além de reservatórios com hidrocarbonetos na seção albiana. A OGX detém 100% de participação no bloco".

Na avaliação de Batista, a confirmação destes reservatórios de pré-sal em águas rasas representa um marco para a indústria e reforça o enorme potencial das bacias sedimentares brasileiras.

A descoberta ocorreu a cerca de 1 mil metros de profundidade. A análise dos fragmentos de rocha permitiu a constatação de reservatório microbial de idade aptiana, ou seja, o mesmo tipo de rocha-reservatório encontrada no pré-sal de águas profundas e ultraprofundas das Bacias de Santos e Campos. O poço foi perfurado até a profundidade de 6,135 mil metros.

"Em virtude das altas pressões encontradas, a perfuração foi temporariamente interrompida de modo que possamos substituir a sonda Ocean Quest pela Ocean Star, da atual frota da OGX, que possui configuração apropriada para a continuidade das operações", informou a OGX que mantém estimativa de 1,8 bilhão de barris de óleo equivalente para a Bacia de Santos.

Fonte: DCI

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Syndarma

Envie uma pauta

Assine Portos e Navios

Antaq

Tche Digital

Sobena

Sinaval Abratec