Oceana - Estaleiro recebe licença de instalação

O fundo de investimentos P2 Brasil recebeu licença ambiental de instalação para o canteiro do estaleiro Oceana, que será erguido em Itajaí, Santa Catarina. O fundo investirá R$ 670 milhões na obra e na construção de embarcações. O estaleiro será responsável pela fabricação de pelo menos quatro embarcações que serão oferecidas em licitações da Petrobras nos próximos meses.

A Oceana é a terceira empresa a receber investimentos do P2. Criado em 2008 para administrar recursos em infraestrutura, o fundo captou US$ 1,15 bilhão e poderá investir pelo menos US$ 5 bilhões (alavancados) em logística, óleo e gás e saneamento nos próximos anos.

A Oceana pretende iniciar as operações de seu estaleiro no período de 10 meses a um ano. Segundo o presidente do Oceana Estaleiro, Josuan Moraes Junior, é quando o estaleiro deverá começar a processar o aço. O Oceana Estaleiro ocupará 310 mil m² de área e deverá empregar mais de mil pessoas para construção de embarcações para a indústria de apoio offshore. A capacidade do estaleiro ficará entre quatro e seis PSVs ou embarcações derivadas. Moraes Junior acredita que as obras estejam concluídas em 18 meses.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Comentários