Technomar

NYK reivindica ter executado o primeiro teste de um navio autônomo sob as diretrizes da IMO

O grupo marítimo japonês NYK reivindicou ter executado o primeiro teste de um navio autónomo, seguindo as directrizes preliminares da Organização Marítima Internacional (IMO) para navios autónomos. A nipónica NYK adiantou que o teste – realizado de 14 a 20 de Setembro – foi conduzido com o seu navio ‘Iris Leader’, desenhado especificamente para o transporte de viaturas.

‘Iris Leader’ da NYK navegou de Xinsha a Nagoya
De Xinsha, na China, até o porto de Nagoya, Japão, o navio da NYK navegou utilizando o sistema de navegação Sherpa System for Real (SSR), que calcula o melhor trajecto marítimo com base nas condições ambientais verificadas. «Durante o teste, o desempenho do SSR nas condições reais do mar foi monitorizado, pois colectava informações sobre as condições ambientais ao redor do navio a partir de dispositivos de navegação existentes, calculava o risco de colisão, determinava automaticamente rotas e velocidades ideais que eram seguras e económicas», explicou a NYK.

Em comunicado, a companhia marítima japonesa revelou que analisará os dados colectados pelo sistema de navegação SSR durante a viagem, a fim de avaliar a performance do navio; continuará, igualmente, a desenvolver o sistema SSR. De acordo com NYK, o teste de autonomia foi conduzido de acordo com as Directrizes provisórias da IMO para operações de Maritime Autonomous Surface Ship (os chamados MASS).

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Recorde-se que, em Junho deste ano, o Comité de Segurança Marítima da IMO adoptou o primeiro projecto de enquadramento legal que incluía definições preliminares de MASS e graus de autonomia, além de uma metodologia para a realização de exercícios e um plano de trabalho. O passo dado foi, à data, caracterizado como um dos desenvolvimentos mais importantes na regulamentação dos navios autónomos do futuro.

Fonte: Revista Cargo / Portugal

Comentários

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Pesa

Syndarma

OTC Brasil

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

Abeam

Sobena

Sinaval Abratec