Ecobrasil 2019

MPS embarca em plataforma para operação de alto risco

Uma equipe técnica da MPS (Marine Power Service) embarcou em uma plataforma para uma operação de remoção de oito thrusters do sistema de propulsão. A plataforma, atualmente ancorada na Baía de Guanabara, é capaz de perfurar até 2,4 mil metros de profundidade de lâmina d’água.

Os thrusters substituídos na operação pesam cerca de 20 toneladas/cada. Para a operação, que durou cerca de seis horas, foram necessários 20 profissionais de áreas distintas (engenheiro, supervisores técnicos, mecânicos, mergulhadores e operadores de strand jack).

Comentários