A transportadora Mitsui OSK Lines (MOL) firmou uma parceria com a fabricante Kawasaki Heavy Industries (KHI) para desenvolver tecnologias passíveis de aumentar a confiabilidade das embarcações e incrementar a economia de energia através de melhorias no controlo da direcção.

Big Data ao serviço de um eficiente controlo do navio

O projecto colocará em acção novas ferramentas de detecção e análise de Big Data e concentrar-se-á no controlo do mecanismo de direcção dos navios. Para que tudo aconteça, será instalado um sistema de colecta de dados num navio petroleiro de grandes dimensões (Very large crude carrier ou VLCC), que se encontra actualmente a ser construído para a operadora marítima MOL pela nipónica KHI.

 

O mecanismo de direcção produzido pela KHI será equipado com sensores que monitorizam a pressão, vazão, temperatura do óleo hidráulico, energia consumida e com um sistema de captação de dados (de alta velocidade) de vastíssima capacidade. Este sistema combinará dados do mecanismo de direcção com outros dados operacionais importantes (como a velocidade, o curso, a carga do motor e o ângulo do leme do navio) registados durante as viagens.

Japonesa MOL aposta em sistema de «direcção inteligente»

A transportadora marítima oriental espera que a análise aprofundada desses dados leve a melhorias na confiabilidade da embarcação e maiores economias de energia. O projecto deverá estar concluído até o final de Março de 2021. Para a MOL, este projecto trata-se de um importante desenvolvimento rumo ao design de «um mecanismo de direcção inteligente».

O projecto da «direcção inteligente» faz parte da iniciativa de desenvolvimento tecnológico da MOL intitulada ‘Ishin Next – MOL Smart Ship Project’, que visa melhorar o rendimento e a sustentabilidade dos navios através do aproveitamento das potencialidades da Internet das Coisas (IoT).

Fonte: Revista Cargo / Portugal

Comentários


Cash Computadores

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec