Marintec Navalshore

Melhores oportunidades

Apesar da falta de subsídios, estaleiros têm boas expectativas para o setor de reparo naval a partir deste ano
Os estaleiros brasileiros apresentaram resultados positivos nos serviços de reparo e manutenção ao longo de 2019 e vislumbram crescimento maior para este segmento neste ano. A aposta do mercado tem se voltado cada vez mais para os setores de óleo e gás e cabotagem, embora as melhores expectativas sejam para médio e longo prazo. Para este ano, o mercado conta principalmente com atividades de reparo em embarcações que estão finalizando o ciclo de cinco anos necessários para a realização de docagens.

É o caso do Estaleiro Wilson Sons. De acordo com o diretor executivo do estaleiro, Adalberto Souza, a ligeira melhora apresentada pelo estaleiro em 2019 se comparado a 2018 se deveu ao fim dos ciclos. Segundo Souza, uma única empresa precisou docar dez navios ano passado, o que faz com que a previsão para este ano tenda a diminuir. Ao todo o Wilson Sons realizou 26 docagens em 2019 contra 24 em 2018.

Restrito a assinantes



Cash Computadores

DP World

Assine Portos e Navios

Ecobrasil fundo transp Sotreq
  Abac     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Antaq

 

Tche Digital

 

 

Marintec Navalshore

 

Sinaval   Abratec