Locar - Empresa atuará na montagem de módulos

A Locar Guindastes e Transportes Especiais foi contratada para atuar na montagem de diversos módulos do navio-plataforma FPSO Cidade de Ilha Bela, que atuará na exploração de petróleo na camada de pré-sal na região do campo Sapinhoá, na Bacia de Santos, a 300 metros da costa e 2.140 metros de profundidade. A FPSO Cidade de Ilha Bela obteve um financiamento de US$ 1 bilhão para a construção.

Para tanto, a Locar vai trabalhar com dois guindastes com capacidade de 750 toneladas cada um (modelo Liebherr LR 1750) e ainda vai oferecer toda a expertise em engenharia de rigging para a montagem dos módulos. A Locar foi contratada pelo Estaleiro Brasa, situado em Niterói. Ao todo, os guindastes da Locar vão atuar com 10 módulos, movimentando algo em torno de 15.785 toneladas.

O contrato para a construção desta plataforma foi firmado em abril do ano passado, numa parceria entre Petrobras, BG E&P Brasil e Repsol Sinopec Brasil.  A unidade vai entrar em operação no próximo ano e será operada por um joint venture da SBM Offshore e Queiroz Galvão Óleo e Gás, e a Mitsubishi Corporation.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

A FPSO Cidade de Ilha Bela vai contar com instalações de convés para processar 150 mil barris por dia de fluídos de produção e seis milhões de metros cúbicos de gás por dia. E será a segunda plataforma na exploração do pré-sal naquela região. A primeira é a FPSO Cidade de São Paulo que já está produzindo. O campo de Sapinhoá é capaz de render até dois bilhões de barris de gás e petróleo e foi descoberto em 2008.

Comentários

ABB

Assine Portos e Navios

Pesa

Syndarma

OTC Brasil

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sobena

Sinaval Abratec