Marintec Navalshore

Kawasaki lança primeiro navio transportador de hidrogênio liquefeito do mundo

A Kawasaki Heavy Industries lançou nesta quarta-feira (11) o casco do primeiro navio desenvolvido para fornecer um meio de transporte de hidrogênio liquefeito a 1/800 do seu volume original de gás, resfriado a –253°C, com segurança e em grandes quantidades por longas distâncias por mar.

O estaleiro planeja instalar no navio um tanque de armazenamento de hidrogênio liquefeito com estrutura de casco duplo e isolamento a vácuo de 1.250 metros cúbicos, atualmente em construção na Harima Works. O navio deve ser concluído até o final de 2020.

Uma vez concluído, e após os testes, o navio "Suiso Frontier" será utilizado em uma cadeia internacional de fornecimento de energia a hidrogênio a partir do hidrogênio liquefeito produzido na Austrália para envio ao Japão.

Publicidade

Marintec Navalshore

 

O hidrogênio está ganhando popularidade como fonte de energia da próxima geração para combater o aquecimento global. Não emite CO2 ou outros gases de efeito estufa durante o uso. Com o objetivo de tornar o hidrogênio uma fonte de combustível tão comum quanto o petróleo e o gás natural, a Kawasaki se uniu em 2016 à Iwatani Corporation (Iwatani), a Shell Japan Limited e a Electric Power Development Co., Ltd. (J-Power) para formar Associação de Pesquisa em Tecnologia da Cadeia de Abastecimento de Energia a Hidrogênio sem CO2 (HySTRA).

Esta organização tem buscado desenvolvimento tecnológico para a construção de uma cadeia de suprimento de energia que permita o fornecimento econômico e confiável de hidrogênio em grandes volumes. Além deste navio de hidrogênio liquefeito, um terminal de descarga de hidrogênio liquefeito está sendo construído na cidade de Kobe, na província de Hyogo, e uma instalação de gaseificação de carvão marrom está sendo construída na Austrália.

Além disso, um consórcio composto por Kawasaki, Iwatani e J-Power, juntamente com a Marubeni Corporation e a AGL Loy Yang Pty Ltd, foi formado em 2018 para construir uma instalação de refino de gás, liquefação de hidrogênio e terminal de carregamento.

A Kawasaki está perseguindo o negócio de hidrogênio como parte de seus esforços em direção aos objetivos de desenvolvimento sustentável, realizando projetos de desenvolvimento em todas as fases, incluindo produção, armazenamento, transporte e utilização. Em 1981, a empresa se tornou a primeira asiática a fabricar um transportador de gás natural liquefeito (GNL).



Assine Portos e Navios

fundo transp Intermodal
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Anuncie PN

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec