Marinha russa deverá melhorar o projeto da classe Ivan Gren e construir mais dois ou três desses navios, comunicou o presidente da Corporação Unida de Construção Naval da Rússia, Aleksei Rakhmanov.

Anteriormente, planejava-se a construção de uma série de seis navios do projeto 11711, entretanto o plano foi abandonado. O primeiro navio de desembarque anfíbio do projeto é o Ivan Gren, integrado à Frota do Norte, o segundo é o Pyotr Morgunov, que deverá ser integrado à Marinha em 2019.

Segundo Rakhmanov, o plano de melhoria do projeto do navio de desembarque anfíbio grande Ivan Gren foi aprovado. Além disso, a alteração tornará o navio mais habitável. Ele também afirmou que o projeto 1171 ainda contará com mais dois ou três navios.

 

Enquanto isso, o comando da Marinha russa está discutindo com a empresa sobre as perspectivas de construção dos novos navios.

O navio Ivan Gren pode transportar 13 tanques ou 36 veículos blindados ou veículos de combate de infantaria ou até 300 fuzileiros navais. Além disso, o navio anfíbio também pode transportar uma companhia de fuzileiros reforçada com os seus veículos e equipamento militar orgânico.

Já o navio Pyotr Morgunov poderá transportar mais de dez tanques ou mais de 30 veículos blindados, bem como um batalhão de fuzileiros navais.

Os navios do projeto 11711 têm um deslocamento de 5 mil toneladas, autonomia de navegação de até 30 dias e velocidade até 18 nós.

Fonte: Sputnik

Comentários


Cash Computadores



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec