Workshop Tomada de decisão - investimento em portos

Governador e comitiva vão a Aracruz conhecer Estaleiro Jurong

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, visitou, na tarde desta segunda-feira (28), o estaleiro Jurong Aracruz. O secretário de Desenvolvimento, Heber Resende, também integrou a comitiva do governo do estado. As autoridades conheceram as instalações do estaleiro e as tecnologias empregadas pela empresa. A comitiva percorreu o estaleiro, que conta com um cais de um quilômetro de extensão, com profundidade de 15,5 metros, e as oficinas integradas, que são totalmente automatizadas e consideradas as mais modernas da América Latina. As oficinas possuem os mesmos parâmetros de tecnologia dos estaleiros de Cingapura do Grupo Sembcorp Marine, do qual o estaleiro Jurong Aracruz é subsidiário.

O governador Renato Casagrande ressaltou a importância do empreendimento para o desenvolvimento regional equilibrado do estado: “Gostaria de agradecer a oportunidade de vir ao Estaleiro nesta fase. Estive no lançamento da pedra fundamental, visitei novamente as obras em 2014 e tive a oportunidade de visitar a sede da empresa em Singapura. A decisão para que pudéssemos consolidar esse estaleiro foi um trabalho intenso, pois outras regiões queriam o projeto”, lembrou.

Casagrande destacou que durante seu governo ajudou nas articulações para escolha de região onde o estaleiro seria instalado. “Hoje conquistamos uma posição estratégica, próxima às grandes áreas produtoras de petróleo. Nossa presença hoje é para dizer que a Jurong tem nosso total apoio para continuar executando esse trabalho e levando o desenvolvimento para os capixabas”, afirmou.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

O secretário de Desenvolvimento, Heber Resende, elogiou ainda as instalações modernas: “Gostamos muito de ver essa estrutura montada, tanto para a indústria naval e offshore, quanto para segmentos de mercado, como a construção civil e de pontes, com a oferta de serviços integrados de engenharia e fabricação. Parabenizo o Estaleiro Jurong de Aracruz pelos investimentos realizados”.

O presidente do Estaleiro Jurong Aracruz, Mr. Altaf Hossain, ressaltou as ações realizadas nos últimos anos, com destaque para a capacidade de geração de empregos pelo empreendimento. “Construímos um dos mais modernos estaleiros desse País. Concluímos a construção de nosso cais e dragamos nossa areia marítima a incríveis 16 metros, único do país com essa profundidade. Geramos mais de 4.600 empregos, com 90% de mão de obra capixaba, e temos potencial para mais. Precisamos de mais obras, superar grandes desafios. Temos potencial para gerar até 10 mil empregos”, explicou.

Também acompanharam o governador Renato Casagrande durante a visita, a vice-governadora Jacqueline Moraes; o futuro presidente do Bandes, Ângelo Baptista; o presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso, além de vereadores de Aracruz.

O estaleiro

Atualmente, o Estaleiro Jurong Aracruz emprega mais de quatro mil pessoas, que atuam na integração de módulos e comissionamento de plataformas de petróleo e no reparo de embarcações.

Com as grandes descobertas de petróleo e gás nos campos gigantes do pré-sal do Brasil e sua proximidade com os campos de petróleo offshore no Atlântico, Golfo do México e África Ocidental, o estaleiro está estrategicamente posicionado para atender a esses setores de alto potencial de crescimento.

O estaleiro integrado é equipado com instalações de primeira qualidade, incluindo um cais de atracação, instalações de oficinas de fabricação de aço e de tubulação auxiliares. Também conta com o maior guindaste flutuante da América Latina, para aumentar a eficiência operacional e a vantagem competitiva do estaleiro. As operações iniciais começaram no segundo semestre de 2014.

A capacidade das instalações permite a realização da construção de navios-sonda, plataformas semissubmersíveis e jack-up, plataformas e embarcações de suprimento, integração de FPSOs e fabricação de módulos, além de reparos e obras de modificação em variados tipos de embarcações.

Detalhes das Instalações

• Área do Terreno – 82,5 hectares

• Extensão do Cais Sul – 263m x profundidade de até 19m

• Cais Sul – 253m x profundidade de até 15.5m

• Finger Pier – 407m x profundidade de até 8.5m

• Canal de Entrada – profundidade de 15.5m

• Workshops – Instalações de oficinas de fabricação de aço e tubulações auxiliares

• Guindaste Flutuante – 3.600 T, o maior da América Latina

• Guindaste-pórtico – 1 unidade 300T x 150m

• Guindaste de lança – 2 unidades 50T x 50m

Fonte: ES Hoje

Comentários

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Brasil Offshore

Tche Digital

Sobena

Aapa

ABTP

Ricardo Sudaiha

Fenavega Abratec