Pela primeira vez, a Globalstar vai participar da Marintec South America, evento dedicado aos setores da construção naval, manutenção e operações. Líder no mercado em comunicação via satélite, a multinacional fará o pré-lançamento do SmartOne Solar na feira. O novo dispositivo IoT inova ao unir tecnologia de comunicação via satélite à utilização de energia solar, permitindo rastreio e monitoramento remoto, quase em tempo real, em praticamente qualquer lugar do mundo. Além dele, a Globalstar também demonstrará o rastreador SmartOne, versão C. O evento será realizado entre os dias 14 e 16 de agosto, no Rio de Janeiro.

“Esta feira é muito importante para estabelecermos networking com desenvolvedores que atuem neste segmento e que precisam da nossa tecnologia para complementar suas soluções. Além disso, este é um mercado que tem grande demanda por comunicação em regiões sem cobertura tradicional, é fundamental que conheçam nossa soluções”, explica Guilherme Abad, diretor de marketing da Globalstar Brasil e América Latina.

Além dos serviços de rastreamento e monitoramento, o SmartOne Solar também tem capacidade de transmitir informações de desempenho. Com o produto, é possível controlar operações M2M (máquina para máquina), monitorar e gerenciar equipamentos remotamente, fornecer redundância para redes de comunicações terrestres, estabelecendo uma vantagem competitiva em um mercado hiperconectado e global. A configuração do dispositivo, com duas entradas de contatos e uma porta de comunicação em nível TTL, faz dele uma espécie de modem satelital, que permite o desenvolvimento de diversas soluções para atender às demandas mais específicas do mercado.

 

Com baixo custo de manutenção, o equipamento conta com a presença de um painel solar acoplado, que confere até oito anos de vida útil à bateria do produto, sem necessidade de reposição ou do uso de energia e antenas externas. Bastante compacto, o SmartOne Solar pode funcionar sem receber energia solar por seis meses, ininterruptamente.

“Esse novo dispositivo ajuda as empresas a atenderem demandas de IoT industrial de forma confiável, com melhor produtividade operacional, por meio de uma rede de satélites totalmente modernizada. Atrelar a energia solar ao produto, além de ser importante pelo fato de ser uma fonte de energia renovável, o torna mais viável economicamente. É a certeza de que o equipamento vai funcionar por muito tempo de forma estável, sem manutenção ou recarga”, conta Abad.

Já o SmartOne C é um rastreador que possibilita a empresas de vários segmentos monitorarem e gerenciarem seus ativos fixos e portáteis, como contêineres, trailers de transporte, máquinas de construção e frotas de veículo. O aparelho alerta o usuário sobre qualquer movimento inesperado, tal como tentativas de furto. O dispositivo pode informar a situação do ativo e monitorar as falhas de forma dinâmica, proporcionando significativa melhora na eficiência operacional, frente a vários indicadores.

A versatilidade dos produtos faz com que seu uso seja ideal para diversos setores: transporte, construção civil, petróleo e gás, agricultura, marítimo, mineração e extração florestal.

Comentários

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

AAPA

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec