O FPSO Pioneiro de Libra completou seis meses de operação no final de maio (27/5). Responsável pelos Testes de Longa Duração (TLD) no campo de Mero, localizado na porção noroeste do Bloco de Libra, a embarcação é de propriedade da joint venture 50/50 formada pela Ocyan e a Teekay Offshore Partners L.P. (Teekay Offshore) e tem contrato de doze anos a serviço do consórcio formado pelas empresas Petrobras (Operadora, com 40%), Total (20%), Shell (20%), CNPC (10%) e CNOOC Limited (10%),

Durante todo este período, foi superada a meta para os índices de uptime operacional (período produtivo no mês), sem incidentes com afastamento desde a entrada em operação, o que leva a  taxa de Frequência de Incidentes Registráveis (TFIR) ser igual a zero em 2018. “Agora o próximo passo é a melhoria contínua dos índices de segurança e uptime do navio”, destaca Clarice Romariz, diretora da Joint-venture TK-Ocyan.

O FPSO Pioneiro de Libra iniciou a produção no fim do ano passado, em novembro, e iniciou a reinjeção de gás no mês de janeiro, atingindo a disponibilidade máxima da planta de gás em março desse ano.

Comentários


Schottel

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec