Expansão da Impsa terá R$ 170 mi

Os grandes anúncios não pararam no estaleiro da Construcap. Outras indústrias de peso firmaram protocolos de intenções com o Governo. O compromisso que contou com um maior volume de recursos foi o do grupo argentino Impsa. A empresa inaugurou sua fábrica de aerogeradores em Suape em 2008 e, agora, comunicou seu plano de expansão com R$ 170 milhões, montante maior que a soma de R$ 144 milhões da sua implantação. ?É muito importante para nós investirmos em Suape e em toda a Região Nordeste?, assinalou o presidente da corporação Impsa no Brasil, Luís Pescarmona.


O novo projeto da companhia será dividido em duas etapas. A primeira diz respeito à construção de um Centro de Usinagem com capacidade de usinar peças de até 40 metros de comprimento, gerando 700 empregos. Na segunda etapa, será construída uma caldeiraria pesada para a indústria de petróleo e gás, com geração de 500 novas vagas.

Um protocolo de intenções foi assinado entre o Governo do Estado e a empresa Apex Internacional Ltda para a implantação de uma unidade produtora de válvulas industriais no Complexo de Suape. O grupo pretende reduzir prazos de entrega e atender a novas demandas do mercado de petróleo com a utilização de tecnologia chinesa na nova fábrica. O investimento será de R$ 22,6 milhões e serão gerados cerca de 150 empregos diretos numa área de 4 hectares.

PAMESA

O presidente da Pamesa, Marcos Ramos, anunciou a expansão da fábrica que deverá aumentar sua produção em 30% até o final de 2010. Serão cerca de R$ 10 milhões aplicados em equipamentos, na ampliação da área de parqueameamento de caminhões, da área de estoque e das vias de acesso. Em parceria com o Senai, será realizado um treinamento para 80 funcionários ligados diretamente à ampliação. (Fonte: Folha de Pernambuco)

PUBLICIDADE

Rimac



Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios