Estaleiros de embarcações de serviço percebem demandas reprimidas e esperam novas contratações

Os quase dois anos de pandemia não foram diferentes para os estaleiros de embarcações de serviço em relação aos demais players da construção naval nacional. Houve meses de freio nas docagens e em serviços, que agora estão com uma demanda considerada reprimida. A aposta em melhorias de infraestrutura, gestão e inovação ajudou alguns desses estaleiros a se reposicionar no mercado e a buscar novos projetos para suas carteiras. A expectativa é que novos serviços sejam contratados nos próximos meses.

Registre-se para ler mais...


    GHT     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios