Estaleiro Enaval e Worley se juntam em joint venture e criam a Weis

A brasileira Enaval e a inglesa Worley anunciaram uma joint venture no setor de energia. A nova empresa se chamará WEIS. Por se tratar de um acordo recém assinado ainda não foi divulgado pelas empresa maiores detalhes sobre sede, existência de algum contrato e capital da joint venture Weis.

O anúncio foi feito durante o evento “Reino Unido & Brasil: parceiros em energia”, em São Paulo, na manhã de ontem (04/06), pelos executivos das duas empresas.

O “UK & Brazil: Partners in Energy” é um evento que reúne experts do Brasil e do Reino Unido para discutirem diversos temas da área de energia como: biocombustíveis, gás natural, offshore, energia solar e outros.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Sobre as empresas

Fundada em 1998 por executivos da indústria de construção naval, A Enaval Engenharia é uma empresa de EPC (Engenharia, Compras e Construção) que realiza construção naval, engenharia offshore, upgrades, reparos, montagem e serviços eletromecânicos.

A Enaval Engenharia oferece profissionais altamente qualificados com 25 anos de construção naval, experiência de serviços de montagem offshore e eletromecânica.

A Enaval possui vários contratos com a Petrobras e o seu último grande projeto foi Revamp da Plataforma de gás Mexilhão, onde foi realizada a adequação da Rota 1 do gás do pré-sal.

O estaleiro de Niterói, localizado no bairro de Ponta D’Areia, também já construiu vários módulos de topsides para as FPSO’s de clientes como a Modec, SBM e para a própria Petrobras, para quem já construiu também módulos de acomodações.

A Inglesa Worley é uma provedora global líder de serviços profissionais de projetos e ativos nos setores de energia, produtos químicos e recursos.

No Brasil a empresa tem escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte e detém contrato de prestação de serviços de engenharia com a Equinor (Ex-Statoil) no desenvolvimento da fase 2 do campo de Peregrino.

Fonte: Click Petróleo e Gás

Comentários