Empresas chinesas e LR desenvolvem o primeiro navio de GNL de 220 mil m3

Seis empresas chinesas e a Lloyd's Register (LR) assinaram um acordo para projetar e desenvolver o primeiro navio gaseiro de 220 mil metros cúbicos com um sistema de contenção de membrana GTT Mark III.

As empresas chinesas incluem a Cosco Shipping LNG Investment (Xangai) Co., Cosco Shipping Heavy Industry, Jiangnan Shipyard, Marine Design e Research Institute da China (Maric), Shanghai Ship e Shipping Research Institute (SSSRI) e China Classification Society (CCS).

As sete partes definirão as especificações técnicas do navio e o arranjo geral dos principais sistemas para levar em consideração os requisitos de rota e capacidade.

Publicidade

Marintec Navalshore

 

Zhu Jianzhang, vice-presidente da Maric, disse: “À medida que a demanda global por comércio de GNL continua a crescer, o setor de transporte marítimo exigirá mais navios de GNL, especificamente para novos pedidos. Como a demanda da China por GNL continua a aumentar, amplia o número de armadores chineses com necessidade de navios gaseiros e este projeto conjunto da indústria fornecerá aos nossos clientes um design adequado e competitivo para suportar suas necessidades comerciais".

A Cosco Shipping LNG Investment já trabalhou com a LR para um total de dez navios de GNL de 174 mil metros cúbicos. A Jiangnan Shipyard está atualmente construindo dez VLGCs e dois navios Mark III LNG para a Cosco.