Navalshore

DER estuda logística de acesso às obras de estaleiro

Encontro desta quarta discutiu como será feito o transporte de cargas e acesso pela AL-101 Sul, além dos equipamentos para estaleiro em Coruripe

Agência Alagoas

O diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/AL), Messias Costa, debateu com o assistente da Diretoria do Estaleiro Ilha S.A. (Eisa), o engenheiro Max Welber, a viabilidade de transporte dos equipamentos e maquinário da construção do empreendimento em Coruripe. O encontro aconteceu nesta quarta-feira, 21, onde também participaram da reunião, técnicos da diretoria de planejamento do órgão, o superintendente de Logística da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística (Sedec), André Toledo; e o secretário de Infraestrutura de Coruripe, Ednaldo Morais.

Segundo André Toledo, a apresentação detalhou o empreendimento, e o que está sendo realizado em conjunto com os órgãos de infraestrutura do governo, e que vão, de alguma forma, contribuir para a implantação deste grandioso empreendimento em Alagoas.

Durante a apresentação foram discutidos os aspectos de logística rodoviária, uma vez que, segundo o assistente de Diretoria da EISA S.A, o engenheiro Max Welber, cerca de 90% dos equipamentos para a operação do estaleiro, a exemplo de chapas de aço, é importada e chegará ao estado via Porto de Maceió, em Jaraguá.

Welber diz que o motivo da visita é justamente para discutir a viabilidade desse trajeto, uma vez que serão cargas de aproximadamente 35 toneladas e que requer um transporte especial.

Além das alternativas para o transporte desses equipamentos pela rodovia AL 101 Sul, foi discutido, também, o acesso ao estaleiro a partir da rodovia AL-101 Sul, que está sendo duplicada a partir da Ponte Divaldo Suruagy até a Barra de São Miguel, no entroncamento com a rodovia AL -220.

Segundo Messias Costa, por se tratar de um empreendimento de grande porte, esse primeiro contato dos empreendedores com o órgão de engenharia estadual é de fundamental importância para viabilizar os estudos necessários na área de engenharia rodoviária.

"Na próxima semana, uma equipe de técnicos do DER das diretorias de Planejamento e de Operações, vai percorrer os cerca de 80 quilômetros da rodovia estadual, desde o Detran até o Pontal de Coruripe, para fazer um levantamento e análise das áreas que podem sofrer alguma interferência devido ao fluxo de cargas, bem como as alternativas e soluções para uma maior segurança de tráfego e de acesso ao empreendimento", disse Messias Costa. (Fonte: Agênciaweb)

 

    Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios