CSP renova 3 certificações: ambiental, gestão e setor automotivo

Pela primeira vez, as certificações foram integradas

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) conquistou novamente três certificações: ISO 14001, ISO 9001 e IATF, após auditoria em formato híbrido (online e presencial) realizada de 20 a 24 de setembro. Pela primeira vez, as checagens de cumprimento de padrões internacionais foram realizadas de forma integrada.

O auditor Marcelo Mendes, da ABS Group, citou diversos destaques na reunião final, dentre eles o fato de os sistemas de gestão terem melhorado, mesmo após todo esse período de pandemia de Covid-19. “Os sistemas poderiam ter sofrido algo, mas isso não aconteceu e teve, na verdade, melhoria significativa. São créditos da alta direção, equipe de gestão e das muitas auditorias realizadas ao longo do ano”.

A ISO 14001 atesta o compromisso da empresa com a proteção ao meio ambiente. A siderúrgica investe continuamente na qualidade do seu sistema de gestão ambiental, implementando as melhores práticas econômicas e ambientais, aprimorando seus sistemas e controles operacionais, promovendo treinamentos de seus empregados e fornecedores e garantindo um rigoroso monitoramento ambiental.


Logcomex


A ISO 9001 atesta o sistema de gestão de qualidade da empresa, que estabelece diretrizes para a produção do aço, com o objetivo de tornar a siderúrgica do Pecém uma referência mundial em segurança, qualidade, custo, desenvolvimento tecnológico e sustentável.

A IATF dá à CSP o direito de continuar fornecendo aço para o setor automotivo, atestando uma série de requisitos internos, além de ter um produto premium. Muitos já sabem, mas é sempre bom relembrar que o termo IATF é uma especificação técnica para sistemas de gerenciamento de qualidade do setor automotivo, que enfatiza a prevenção de defeitos e a redução de variações e desperdícios na cadeia de suprimentos.

Indústria naval e vasos de pressão

Em agosto, a CSP havia sido aprovada em auditoria para receber a recertificação Naval e PED AD2000 (Vasos de Pressão). Essas conquistas credenciam a siderúrgica para fornecer placas de aço para aplicação no mercado de construção naval italiano e para a fabricação de vasos de pressão do mercado europeu, respectivamente.

A CSP é a primeira e única siderúrgica do Brasil a produzir placas de aço de 300 milímetros, que são transformadas em chapas grossas para uso estrutural, principalmente na indústria naval. Em 2020, a CSP desenvolveu 30 aços de alta tecnologia (HTS), chegando a 117 no total. Atualmente, a CSP comercializa mais de 300 aços ao carbono e tem capacidade para incrementar o mix de produtos.

Em 2021, a usina recebeu a Certificação de Conteúdo Local ANP, que qualifica a indústria cearense a fornecer placas de aço para a indústria de Petróleo e Gás Natural no Brasil. O produto CSP conquistou ainda as certificações de Alta Tecnologia (Maxion Wheels, Siemens Gamesa, Caterpillar e Scania).

    Terlogs     Mampaey     Antaq
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios