MSC

Crescimento - Ghenova quer ampliar operações

A espanhola Ghenova obteve certificado de prestadora oficial de serviços da Petrobras, para projetar e executar projetos de construção naval e de petroleiros. Para o diretor da Ghenova no Brasil, Rui Miguel de Souza Vieira, o documento abre portas para a companhia obter grandes negócios no Brasil. “A certidão é um passaporte que nos abre as portas para um mercado muito maior; nos dá grande visibilidade e nos permite participar diretamente de licitações da Petrobras”, diz o executivo.

A empresa se instalou no Brasil em 2010 para atuar inicialmente como consultora de estaleiros que constroem navios de apoio para operações de extração de petróleo em alto-mar. Segundo Souza Vieira, as perspectivas para a companhia se tornaram totalmente diferentes desde que obteve o Certificado de Registro e Classificação Cadastral (CRCC) que a Petrobras concede às companhias que cumprem todos os requisitos para se transformarem em suas fornecedoras de serviços. A certidão, afirma o executivo, atesta a capacidade da Ghenova para projetar e executar projetos integrais de construção naval e de petroleiros tanto para a Petrobras como para os estaleiros contratados pela companhia. “Agora recebemos consultas diretas de estaleiros porque aparecemos na lista da Petrobras. Estamos no radar de potenciais fornecedores. A visibilidade da empresa cresceu não só no setor naval, mas também em outros setores”, diz Raúl Arévalo Grillo, diretor corporativo de operações da Ghenova.

Antes da certificação, a empresa tinha que se limitar antes a ser terceirizada por empresas certificadas pela Petrobras e deu o passo que lhe permitiu passar pelo difícil filtro da Petrobras em 2012, ao conseguir um contrato da construtora Promar para desenvolver a engenharia de oito navios para o transporte de gás encomendados pela Transpetro.


Porto do Açu


Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios