Construção do 'Yara Birkeland' entra em pausa

Devido à pandemia do Covid-19 e à mudança das perspectivas globais, a empresa de produtos agrícolas Yara decidiu interromper o desenvolvimento de seu navio autônomo "Yara Birkeland" e avaliará os próximos passos em conjunto com seus parceiros.

O casco do "Yara Birkeland" foi lançado no mar na Romênia em fevereiro de 2020 e deve chegar à Noruega até o fim do mês de maio, onde ela deverá estar equipada com vários sistemas de controle e navegação e será submetida a testes antes da entrega.

O porta-contêineres feeder de 120 TEUs terá um sistema de propulsão totalmente alimentado por bateria e estará preparado para operação autônoma. A Yara e a empresa de tecnologia Kongsberg se uniram em 2017 com a ambição de construir o primeiro navio de contêiner autônomo e de emissão zero do mundo.

A embarcação transportará fertilizantes da fábrica de Porsgrunn, em Yara, por vias navegáveis interiores, até os portos de Larvik e Brevik, uma jornada de 31 milhas náuticas. Substituindo 40 mil viagens de caminhão por ano, o "Yara Birkeland" deverá reduzir as emissões de NOx e CO2 e melhorar a segurança rodoviária em uma área urbana densamente povoada na Noruega.

A MacGregor, parte da Cargotec, e a Kongsberg Maritime assinaram um contrato no ano passado para a MacGregor fornecer um sistema de amarração automatizado para o navio. Isso permitirá que as operações de atracação sejam realizadas sem intervenção humana.


Marintec Navalshore