O Sindicato Nacional da Indústria de Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval) avalia que os quatro consórcios escolhidos pela Marinha numa lista final para construção de quatro corvetas classe Tamandaré possuem histórico de projetos qualidade e entregas dentro do prazo. Na análise das propostas, iniciada em junho, havia nove propostas na disputa. O vencedor deve ser conhecido até o final do ano, segundo previsão da Marinha.

“Os quatro consórcios estão bem representados em termos de construção naval, pois esses estaleiros já mostraram que são competentes e entregam no prazo e com qualidade”, disse o vice-presidente do Sinaval, Sérgio Bacci. A 'short list' é formada pelos consórcios: “Águas Azuis”, “Damen Saab Tamandaré”, “FLV” e “Villegagnon”. Com a decisão, a construção desses navios está entre os estaleiros: Enseada (BA), Oceana (SC), Vard Promar (PE) e Wilson Sons (SP). Os investimentos previstos para construção das quatro unidades são da ordem de US$ 1,6 bilhão, o equivalente a R$ 6 bilhões considerando o câmbio na faixa de R$ 3,70. 



Danilo Oliveira
(Da Redação)

 

 

Comentários


Cash Computadores

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Terra Firma Abratec