O Conselho Diretor do Fundo da Marinha Mercante aprovou R$ 3,8 bilhões em prioridades para financiamento de projetos do setor naval. Desse total, R$ 2,9 bilhões são destinados a projetos já aprovados pelo conselho em outras ocasiões e que obtiveram novo prazo para contratação. Outros R$ 920 milhões são referentes a novos projetos. A decisão foi tomada durante a 38ª reunião ordinária do CDFMM, realizada na última quinta-feira (5), em Brasília. Na pauta, estava prevista análise de sete novos projetos, além de oito reapresentações, uma alteração de projeto (sem alteração de valor) e cancelamento de prioridades. 

A diretora do Departamento da Marinha Mercante e conselheira do CDFMM, Karênina Dian, destacou que parte significativa da indústria naval brasileira tem passado por um momento desafiador, em função das oscilações no mercado de petróleo e gás. “Tivemos um valor maior de novos projetos, principalmente voltados para reparo e para o escoamento da produção do Arco Norte, que indicam mercados e negócios que podem ser promissores para essa indústria, utilizando o incentivo do FMM”, disse Karênina. O detalhamento dos projetos que obtiveram prioridade nessa reunião será publicado no Diário Oficial da União nos próximos dias.

A próxima reunião ordinária do CDFMM está prevista para 29 de novembro de 2018. Os interessados têm até o dia 1º de outubro para apresentarem os projetos para obtenção de prioridade para financiamento com recursos do FMM, administrado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. O FMM pode financiar até 90% do valor dos projetos pleiteados. O percentual de financiamento dependerá do conteúdo nacional e do tipo de embarcação

Confira abaixo o resumo da 38ª reunião do CDFMM:

38-reuniao-cdfmm-tabela-site.jpgFonte: MTPA

 


Por Danilo Oliveira
(Da Redação)

Comentários

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

AAPA

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Terra Firma Abratec