Marintec Navalshore

Cluster tecnológico naval reforça laços entre Emgepron e Nuclep

A Nuclep recebeu nesta quarta-feira (10) a visita de uma comitiva da Empresa Gerencial de Projetos Navais – Emgepron para tratar de uma parceria na formação de um cluster tecnológico naval de Defesa.

O chamado “Cluster Marítimo Brasileiro” pretende, através das vantagens oceânicas que o país oferece, agrupar indústrias, empresas e instituições ligadas ao setor, a fim de impulsionar o desenvolvimento da área e explorar as oportunidades de ampliar a economia nacional. O resultado esperado é o aumento da produtividade, emprego e consumo. Campos como o de serviços marítimos, Offshore, portuário e de turismo podem compor o aglomerado.

Na reunião inicial, o diretor-presidente da Emgepron, vice-almirante Edésio Teixeira Lima Junior, ressaltou a importância da parceria entre as empresas. "Recentemente havia dito ao contra-almirante Seixas do meu entendimento sobre o desafio que ele tem aqui. Essa nossa vinda reforça minha certeza de que sua gestão está no caminho certo e que há uma imensa sinergia entre Marinha do Brasil e a Nuclep.

Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima

 

O cluster tecnológico naval de Defesa é um dos eixos de planejamento do país por meio da economia do mar e essa união pode ser um grande passo para o fortalecimento do setor de Defesa do Brasil”, concluiu Edésio.

Na reunião, a Nuclep foi representada pelo seu presidente, contra-almirante Carlos Henrique Silva Seixas.

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis fundo transp Intermodal
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Sobena

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec
Publicidade

Marintec Navalshore