Curso H

Ciclo sustentável

Desmonte de navios no Brasil ainda carece de cadeia reversa e incentivos para viabilizar atividade
• Apesar do avanço nos debates nos últimos três anos, o desmantelamento de navios ainda não se viabiliza economicamente no país, sobretudo para embarcações de maior porte. O Brasil não ratificou até hoje convenções internacionais sobre a matéria e os estaleiros seguem reticentes quanto à sustentabilidade do negócio. Especialistas afirmam que, assim como no reparo, serviços de desmonte custam menos em outros mercados fora do país. Eles alertam para a necessidade de o Brasil ampliar as discussões sobre a logística reversa e legislação ambiental, principalmente no momento em que o mundo revisita conceitos e processos consolidados há décadas.

Restrito a assinantes