A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou o Plano de Desenvolvimento Integrado da jazida compartilhada de Sapinhoá, condicionado ao início até o final do primeiro trimestre de 2019 da perfuração do chamado "poço ADR" na área NE, para aquisição de dados de reservatório, segundo despacho da reguladora no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

A ANP também aprovou o termo aditivo ao Acordo de Individualização da Produção (AIP) da jazida compartilhada de Sapinhoá, solicitando às partes envolvidas o envio de versão revisada em até 180 dias.

De acordo com o despacho da agência, o plano de desenvolvimento integrado ainda fica condicionado à apresentação de revisão do plano de drenagem contemplando a área NE até o final do primeiro trimestre de 2020.

 

Fonte: R7

Comentários


Cash Computadores

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Terra Firma Abratec