Marintec Navalshore

ABS faz parceria com MAN e SDARI em navio alimentador alimentado a amônia

A classificadora ABS uniu forças com a MAN Energy Solutions (MAN) e o Instituto de Pesquisa e Design de Navios Mercantes de Xangai (SDARI) para desenvolver um navio alimentador movido a amônia. O projeto tem como objetivo produzir desenhos para um porta-contêiner movido a amônia com capacidade de 2,7 mil TEUs.

A SDARI desenvolverá projeto e engenharia de navios que utilizarão a tecnologia de duplo combustível da MAN e a ABS avaliará questões relacionadas à segurança e contribuirá para o desenvolvimento de regras e padrões em relação à amônia como combustível.

A amônia, quando gerada por fontes de energia renováveis, não possui pegada de carbono e não emite quase CO2, SOx ou material particulado quando queimada nos motores.

Publicidade

Marintec Navalshore

 

A ABS também aderiu a um novo projeto de pesquisa de propulsão por bateria de lítio para embarcações da próxima geração.

Em comunicado, a empresa disse que assinou um acordo de cooperação com a Contemporary Amperex Technology Co., Limited. O acordo permitirá que o ABS e o CATL realizem conjuntamente a pesquisa sobre os padrões técnicos dos navios movidos a bateria, incluindo as principais tecnologias relacionadas à segurança, como sistema de propulsão, sistema de carregamento, layout do compartimento da bateria e controle de incêndio.

O projeto também abrange pesquisas sobre os padrões técnicos das baterias de lítio, incluindo várias propriedades do material da bateria e mecanismos de combustão, bem como o desempenho do sistema de segurança, como monitoramento e aviso prévio de difusão térmica. O trabalho apoiará a revisão da classificação das diretrizes de inspeção de baterias de lítio e promoverá melhorias no sistema padrão de baterias de lítio para navios.



Assine Portos e Navios

fundo transp Intermodal
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Anuncie PN

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec