À espera de encomendas

Fornecedores de motores sentem volta tímida das consultas. Para ‘offshore’, retorno será mais lento

• Os fornecedores de motores sabem que novas encomendas não vão aparecer da noite para o dia, mas esperam um reaquecimento nas consultas em 2019. O segmento de apoio marítimo deve demorar um pouco mais a demandar novas embarcações porque ainda existem muitos barcos ociosos no mercado nacional. Nos últimos dois anos, estaleiros ficaram sem encomendas após entregarem as últimas obras contratadas. As empresas de motores traçam estratégias diante das poucas e disputadas demandas que estão na rua, como o projeto de corvetas da Marinha e de alguns novos rebocadores. Entre as embarcações de menor porte, destaque para navegação interior e para o transporte de passageiros. 

Restrito a assinantes

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Leia mais reportagens da edição impressa

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Container Institute

Tche Digital

Sobena

Aapa

Abeam

Sobena

Fenavega Abratec