A OGX encerrou o terceiro trimestre com prejuízo líquido de R$ 2,118 bilhões contra R$ 343 milhões em igual período de 2012. No acumulado até setembro, o crescimento da perda quase multiplica por 10, ao passar de R$ 887,06 milhões para R$ 7,64 bilhões.

Embora tenha apresentado redução nas despesas relacionadas às atividades de investimento, a posição de caixa da empresa decresceu aproximadamente US$ 241 milhões, encerrando o trimestre em US$ 85 milhões.

Segundo comunicado da OGX, o resultado foi afetado por motivos como reversão do ganho de capital de R$ 1 bilhão originado na transferência de 40% dos blocos BM-C-39 e BM-C-40 para a Petronas – em função de incertezas quanto ao pagamento por parte dos malaios – e despesas financeiras, sobretudo, juros de financiamentos, no valor de R$160 milhões.

Fonte: Monitor Mercantil