A diretora-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Magda Chambriard, disse nesta terça-feira (26) que não será adiado o prazo para pagamento do bônus de assinatura do leilão de Libra, no pré-sal.

A data já havia sido prorrogada uma vez, passando do dia 19 de novembro para 27 do mesmo mês. A decisão foi publicada há pouco menos de duas semanas no "Diário Oficial da União".

O valor do bônus é de R$ 15 bilhões e deverá ser pago pelo consórcio vencedor --e único participante da disputa-- formado por Petrobras (40%), a francesa Total (20%), a anglo-holandesa Shell (20%) e as chinesas CNPC (10%) e CNOOC (10%).

Já o contrato da área de Libra será assinado em 2 de dezembro, prazo que também foi confirmado pela diretora-geral.

Fonte: Folha de São Paulo/JULIA BORBA DE BRASÍLIA