A Transpetro, empresa de transporte e logística de combustíveis da Petrobras, assinou um acordo com o Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro (MPERJ) para combater furtos de combustíveis em seus dutos, informou a companhia em nota nesta quarta-feira.

O acordo vem após uma tentativa de furto em um oleoduto da Transpetro neste mês ter causado um vazamento de ao menos 60 mil litros de petróleo na Baía de Guanabara, importante cartão postal da cidade do Rio de Janeiro.

Com validade de cinco anos, o pacto prevê a capacitação mútua dos empregados da empresa e do Ministério Público, a troca de informações e o apoio técnico recíproco no combate a esse crime, dentre outras ações.

 

Ações criminosas envolvendo os dutos da Transpetro têm ocorrido com frequência nos últimos anos, algumas das vezes com casos de derramamento de óleo.

Além dos riscos de vazamento e dos danos às estruturas da companhia, os furtos em dutos trazem outros perigos às comunidades vizinhas e ao meio ambiente, como incêndios e explosões, frisou a Transpetro.

O acordo foi assinado pelo presidente da subsidiária, Antonio Rubens Silva Silvino e pelo procurador-geral de Justiça, José Eduardo Gussem.

Fonte: Extra

Comentários


Schottel



Syndarma

ABTP

Envie uma pauta

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Fenavega Abratec