A Prumo Logística informou que a subsidiária Porto do Açu Operações (gestora do Porto do Açu, no Litoral Norte do Rio de Janeiro) assinou contrato com outra subsidiaria, a Gás Natural Açu, para aluguel de uma área de 378  mil m2 no Terminal 2 do complexo marítimo por 23 anos, renováveis por mais até 25 anos, visando a implantação a primeira Busina termelétrica do porto. 

Há ainda um direito de expansão de área de aproximadamente 426 milM2  para a  implantação de uma segunda termelétrica e de futuros projetos nesse setor até o limite de capacidade de geração de energia licenciada pela GNA, de 6.400. O acordo inclui utilização do molhe norte para desenvolver um projeto de terminal de regaseificação de gás natural liquefeito. 

O início da operação das térmicas está previsto para 2021 e 2023. Assim, o Porto do Açu contará com geração de energia através de termelétricas, que vão abastecer os terminais marítimos e as empresas do complexo industrial atualmente em desenvolvimento.

 

Fonte: A Tribuna