Os preços do petróleo subiram cerca de 1 por cento nesta quarta-feira, impulsionados por sinais de forte demanda dos EUA por produtos refinados e aperto na oferta global do produto bruto, mas ganhos foram limitados pela alta do dólar norte-americano e por preocupações atuais a respeito de uma desaceleração econômica global.

Os contratos futuros do petróleo Brent avançaram 71 centavos, ou 1,15 por cento, fechando a 62,69 dólares. O benchmark, anteriormente, teve mínima de 61,05 dólares.

Futuros do petróleo bruto dos EUA subiram 35 centavos, ou 0,65 por cento, para 54,01 dólares o barril, avançando de uma mínima na sessão de 52,86 dólares.

 

Dados do governo dos EUA mostraram nesta quarta-feira que os estoques domésticos de petróleo bruto cresceram menos do que o esperado na última semana, mesmo com refinarias aumentando a produção. Estoques aumentaram em 1,3 milhão de barris na semana encerrada em 1º de fevereiro, em comparação com uma expectativa de analistas de um aumento de 2,2 milhões de barris.

Os estoques de gasolina aumentaram em 513 mil barris, menos do que o antecipado, enquanto estoques de refinados caíram em 2,3 milhões de barris, além do esperado.

Fonte: Reuters

Comentários

Cash Computadores

Messe Munchen

Consulado Geral dos Paises Baixos

Syndarma

ABTP

Envie uma pauta

Tche Digital

TMSA

Antaq

ABTP

Sobena

Fenavega Abratec

 

Ecobrasil