Os preços do petróleo fecharam o mês com fortes perdas, pressionados pelos receios dos investidores em relação à demanda global pela commodity em meio à guerra comercial em curso entre os Estados Unidos e a China.

O petróleo WTI para entrega em dezembro fechou em queda de 1,3%, a US$ 65,31 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York, nesta quarta-feira (31), enquanto o Brent para janeiro recuou 1,2%, a US$ 75,04 o barril na ICE Futures Europe, em Londres. No mês de outubro, o WTI acumulou perdas de cerca de 11%, enquanto o Brent cedeu 9%.

Guerra de tarifas

 

O petróleo foi fortemente prejudicado pelos rumores de que a administração do presidente americano Donald Trump pode impor mais tarifas a produtos chineses. "Essas ameaças não são um bom sinal para a saúde da economia global e, portanto, para a perspectiva de demanda de petróleo", disse Stephen Brennock, analista da PVM Oil Associates.

Ambos os benchmarks operaram, na maior parte da sessão, em terreno positivo com a divulgação dos dados oficiais do Departamento de Energia dos EUA, que apontaram uma queda nas reservas americanas de gasolina e destilados. No entanto, os contratos voltaram a cair no final da sessão, mais uma vez pressionados pelos receios com os fundamentos.

Fonte: Valor

Comentários


Schottel



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec