O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse que a empresa não pretende mais buscar empréstimos com "juros diferenciados" junto a bancos públicos, segundo divulgado pela assessoria de imprensa da estatal nesta sexta-feira (18).

A fala do executivo vem após o presidente Jair Bolsonaro divulgar em seu Twitter uma lista do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com os 50 maiores tomadores de recursos da instituição desde 2004, liderada pela Petrobras, com R$ 62,4 bilhões, entre empréstimos e operações de renda variável.

BNDES divulga lista com os 50 maiores clientes do banco

 

"Este ciclo em que a Petrobras se valia de empréstimos de bancos públicos, com juros diferenciados, com o objetivo de financiar seus projetos, acabou. Entendemos que grandes empresas que dispõem de fácil acesso aos mercados financeiros não precisam ser subsidiadas com recursos públicos que deveriam ser investidos em programas em prol da sociedade", disse Castello Branco, de acordo com a assessoria.

Cerimônia de posse de Roberto Castello Branco como presidente da Petrobras, no Edifício Sede da companhia, no Rio de Janeiro  — Foto: Leo Correa/AP Cerimônia de posse de Roberto Castello Branco como presidente da Petrobras, no Edifício Sede da companhia, no Rio de Janeiro  — Foto: Leo Correa/AP

Lista do BNDES

O BNDES divulgou nesta sexta a lista dos seus 50 maiores clientes e todas as operações com eles realizadas nos últimos 15 anos. Desde 2004, figuram entre os cinco maiores clientes do banco: Petrobras, Embraer, Norte Energia, Vale e a construtura Odebrecht.

Juntas, essas 50 empresas tomaram um valor de R$ 482,8 bilhões em empréstimos desde 2004. A Petrobras lidera a lista com um valor de R$ 62,429 bilhões, o que representa cerca de 13% do total destinado aos 50 maiores clientes.

Fonte: G1

Comentários

Datamar

Schottel

Assine Portos e Navios



Pesa

ABTP

Envie uma pauta

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Fenavega Abratec

 

Ecobrasil