Francesa Total prepara venda de US$1,5 bi de campos no Mar do NorteA petroleira francesa Total deve vender um terço de sua participação no campo de gás Laggan Tormore, junto com outros ativos de petróleo e gás no Mar do Norte, que podem levantar a 1,5 bilhão de dólares, disseram fontes da indústria.

O desinvestimento incluirá participações em vários campos menores adquiridos como parte de um acordo de 4,95 bilhões de dólares em 2017, para a compra da divisão de petróleo e gás da A.P. Moller-Maersk, disseram as fontes. O negócio foi concluído em março.

Esses campos incluem Golden Eagle, no qual a Total detém uma participação de 32 por cento, bem como Dumbarton (30 por cento), Bruce (43 por cento) e Keith (25 por cento).

 

O Bank of America Merrill Lynch realizará a venda da participação de 20 por cento no processo Laggan Tormore, o que deixará a Total com uma participação de 40 por cento, uma vez concluída. O banco de investimentos Lambert Energy vai liderar a venda das outras participações.

Total e Lambart Energy se recusaram a comentar. O Bank of America Merrill Lynch não respondeu a um pedido de comentário.

A venda faz parte de uma ampla mudança em meio ao envelhecimento do Mar do Norte, onde os companhias veteranas estão tentando vender seus campos mais antigos com o declínio da produção, enquanto empresas novas e mais ágeis acreditam que podem extrair mais valor.

 

Fonte: Reuters

Comentários

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

AAPA

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Terra Firma Abratec