As exportações do agronegócio do Brasil atingiram um recorde nominal de 101,7 bilhões de dólares em 2018, alta de 5,9 por cento ante 2017, informou nesta sexta-feira o Ministério da Agricultura, destacando o apetite chinês por produtos nacionais.

O recorde anual anterior ocorreu em 2013, quando o país exportou 99,9 bilhões de dólares. O Brasil é o maior exportador global de itens como açúcar, café, suco de laranja e soja.

De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do ministério, as exportações para a China aumentaram em 9 bilhões de dólares no ano passado, à medida que o gigante asiático se voltou principalmente à soja brasileira, dada a guerra comercial entre Pequim e Washington.

 

No complexo soja, o grão foi o principal produto exportado, com volume recorde de 83,6 milhões de toneladas em 2018. Segundo o boletim da secretaria, “o incremento na quantidade exportada não ocorreria sem a forte demanda chinesa”.

Já o comércio de carne bovina in natura atingiu volume recorde na série histórica iniciada em 1997. No ano passado, foram exportadas 1,35 milhão de toneladas (+12,2 por cento), sendo 322,3 mil toneladas à China.

A celulose também registrou bom desempenho em 2018, graças à demanda da China, disse a secretaria do ministério.

Fonte: Reuters

 

Comentários

Datamar

Cash Computadores

Assine Portos e Navios



Pesa

ABTP

Abac

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Fenavega Abratec

 

Ecobrasil