Cortes na oferta de petróleo pelos principais produtores podem ter implicações negativas para os mercados, disse o chefe da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) nesta segunda-feira, apelando aos players do mercado para que usem o "bom senso".

O chefe da IEA, Fatih Birol, falando em uma coletiva de imprensa com ministros de energia da Europa Central em Bratislava, disse que os mercados estão bem abastecidos, mas a capacidade ociosa na Arábia Saudita é pequena e os cortes dos principais participantes podem apertar os mercados.

"Atualmente, os mercados estão muito bem supridos, mas não devemos esquecer que a capacidade ociosa na Arábia Saudita é muito pequena, portanto um corte de produção significativo hoje por produtores-chave de petróleo pode ter algumas implicações negativas nos mercados e apertar ainda mais os mercados", afirmou.

 

"Meu apelo a todos os produtores e consumidores em todo o mundo é para que tenham bom senso nesses dias difíceis".

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo, liderada pela Arábia Saudita, está pressionando para que o grupo e seus parceiros reduzam a produção em 1 milhão a 1,4 milhão de barris por dia para evitar o acúmulo de combustível não utilizado.

Fonte: Terra

Comentários


Schottel



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Terra Firma Abratec