A Arábia Saudita disse nesta quinta-feira que o mercado de petróleo pode estar virando rumo a uma sobreoferta no quarto trimestre deste ano, conforme estoques sobem e a demanda desacelera, e que o principal exportador global irá refletir essas mudanças em sua produção.

“Nós estamos com uma visão de que o mercado no quatro trimestre pode estar mudando para uma situação de sobreoferta, como evidenciado pelos estoques crescentes nas últimas semanas”, disse à Reuters o governador saudita na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Adeeb Al-Aama.

“Então nós queremos estar atentos para não fazer uma correção exagerada e causar uma alta substancial nos estoques”, adicionou Al-Aama, que lidera um comitê da Opep e de países não membros do grupo que monitora o cumprimento de um pacto de produção e os fundamentos do mercado. O painel, conhecido como JTC, teve um encontro recente em Viena.

 

Ele reiterou que a Arábia Saudita não irá pressionar o mercado com petróleo, mas responderá às necessidades dos consumidores e disse que a alta na produção do reino nos últimos meses foi uma resposta à maior demanda, acrescentando que “esse não é de modo algum uma pressão de nossa parte, mas uma resposta à pressão do mercado.”

“A Arábia Saudita produz apenas o que os consumidores pedem, não mais. Nós vimos uma forte demanda por nosso petróleo no terceiro trimestre e aumentamos a produção de acordo”, disse.

“Nós acreditamos que a demanda vai começar a cair conforme nos aproximarmos do final do ano, de acordo com os padrões regulares de demanda sazonal. Nós temos a flexibilidade de ajustar nossa produção para refletir isso.”

Fonte: Reuters

 

Comentários


Schottel



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

ABTP

Sobena

Terra Firma Abratec