A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) aprovou a compra da Fibria pela Suzano Papel e Celulose, em operação que resultará na combinação dos ativos das duas maiores produtoras mundiais de celulose de eucalipto. As duas companhias divulgaram na manhã desta quarta-feira comunicados ao mercado acerca da decisão, publicada hoje no "Diário Oficial da União".

“Foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União a decisão do diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) que, por meio da resolução 6543, aprovou, ad referendum da diretoria colegiada, a alteração do controle societário da Fibria Celulose S.A. e de suas controladas”, diz o documento da Suzano.

Agora, a consumação da operação passa a depender da anuência da Comissão Europeia. A Suzano protocolou em meados de outubro na autoridade europeia o pedido de análise da transação. Caso o órgão se posicione na primeira fase de análise (fase 1), a decisão poderá ser conhecida em 35 dias úteis.

 

Órgãos reguladores do Brasil, Estados Unidos, China e Turquia já aprovaram a operação sem restrições. Após o aval das autoridades antitruste, a Suzano vai listar ADRs (recibos de ações) na Bolsa de Nova York e a expectativa é a de que a transação seja concluída em até 45 dias.

Fonte: Valor

Comentários


Schottel

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec