Uma comissão de licitação da Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou a inscrição de nove empresas para participação na chamada oferta permanente de áreas de exploração de petróleo e gás, incluindo a elétrica brasileira Eneva ENEV3.SA e a alemã Wintershall.

Segundo publicação da agência no Diário Oficial da União desta quinta-feira, foram validadas também as inscrições das empresas Central Resources, Construtora Kamilos, Eagle Exploração, Guindastes Brasil, Petrosynergy, Petro-Victory Energia e Tucano Serviços.

A oferta permanente colocará a disposição dos interessados, para declaração de interesse, 158 blocos exploratórios em 20 setores de 8 bacias sedimentares brasileiras, incluindo 90 blocos nas bacias terrestres do Paraná, Parnaíba e Recôncavo e 68 blocos nas bacias marítimas de Campos, Ceará, Potiguar, Santos e Sergipe-Alagoas.

 

Segundo a ANP, uma vez apresentadas declarações de interesse e ofertas pelas empresas inscritas, a comissão de licitação divulgará um cronograma para realização de um ciclo para apresentação das ofertas em até 90 dias.

A Eneva já atua na produção de gás natural na bacia terrestre do Parnaíba e na geração térmica, e a companhia tem falado que pretende expandir seu modelo de uso do gás próprio para produção em outras bacias.

Já a Wintershall, do grupo BASF (BASFn.DE), foi uma das vencedoras da 15a Rodada de Licitação da ANP, em março passado, quando ficou com sete áreas, algumas individualmente e outras em consórcios.

Fonte: Reuters

Comentários

Datamar

Schottel

Assine Portos e Navios



Pesa

ABTP

Abac

Tche Digital

TMSA

Antaq

ABTP

Sobena

Fenavega Abratec

 

Ecobrasil