A produção brasileira de grãos deverá somar 226,1 milhões de toneladas em 2018, queda de 6% em relação ao ano anterior (240,6 milhões de toneladas). A estimativa faz parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de janeiro, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A nova estimativa mantém a safra de 2018 como a segunda maior da história — a série da pesquisa começa em 1975.

A projeção de janeiro ficou 0,8% maior do que a realizada em dezembro de 2017, com 1,8 milhão de toneladas a mais de grãos.

 

Em relação ao produzido no ano anterior, devem ocorrer decréscimos de 2,2% para a soja, 13,8% para o milho e 5,7% para o arroz.

Arroz, milho e soja, os três principais produtos deste grupo, somados, representaram 92,8% da estimativa da produção e respondem por 86,8% da área a ser colhida.

Quanto à área plantada, houve acréscimo de 2% na área da soja e reduções de 7,1% na área do milho e de 3,3% na área de arroz.

Fonte: Valor