A Rumo espera elevar em 10 a 12 por cento os volumes de carga transportados em 2018 em relação aos níveis do final deste ano, afirmou nesta quinta-feira o presidente da operadora logística, Julio Fontana Neto, em teleconferência com analistas.

O executivo comentou ainda que a Rumo está "trabalhando à plena capacidade...Não vemos perspectiva de redução de volumes nos próximos meses. Julho já mostrou esta tendência e provavelmente vamos ter ainda produtos estocados a serem escoados para janeiro e fevereiro", afirmou o executivo.

"Vamos crescer (em 2018) 10 a 12 por cento em volumes sobre o final deste ano...Nosso grande objetivo é redução de acidentes. Conseguindo isso, provavelmente vamos ter um aumento de capacidade maior que estes 10 a 12 por cento", acrescentou.

A Rumo divulgou na noite da véspera prejuízo de 30,2 milhões de reais para o segundo trimestre, queda de 7,6 por cento sobre o resultado negativo de um ano antes.

Fonte:  Reuters