Karin Schöner

A Maersk nomeou Karin Schöner como nova diretora administrativa da Costa Leste da América do Sul. Com mais de 30 anos de experiência em logística e gestão da cadeia de suprimentos, Karin sucede Julian Thomas, que anunciou aposentadoria após 38 anos trabalhando na empresa.

Schöner trabalhou anteriormente na Geodis, Kuehne + Nagel e Panalpina. Ela também atuou no setor de carga aérea, na Lufthansa Cargo, onde teve a oportunidade de trabalhar em Frankfurt, e KLM Cargo, em Chicago, nos Estados Unidos.

Como diretora geral da Geodis Brasil, administrou situações adversas da Geodis Freight durante a pandemia do Covid-19. Ao mesmo tempo, implementou ações importantes com foco em resiliência e inteligência emocional visando a excelência operacional, além de novos procedimentos como E-solutions.

“Estou muito honrada em ingressar na Maersk, pois vamos desenvolver juntos cada vez mais nossa capacidade de servir clientes com soluções e nos tornar a empresa líder no setor de logística”, disse Schöner.

O diretor administrativo regional para a América Latina e o Caribe, Robbert van Trooijen, deu boas vindas à nova executiva e destacou o sucesso de Thomas. "Agradeço ao Julian Thomas por liderar com sucesso a integração da Hamburg Süd e a fusão das organizações de Oceano e Logística para a Costa Leste da América do Sul, e por lançar as bases para o crescimento acelerado em Logística e Serviços".

Thomas assumiu como diretor geral da A.P. Moller - Maersk cobrindo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai em 2020, focado na estratégia bem-sucedida de melhorar a experiência dos clientes, oferecendo serviços completos de logística terrestre e marítima em toda a cadeia de suprimentos. Sua trajetória na A.P. Moller - Maersk começou em 1984, quando estagiou na Hamburg Süd em São Paulo.

Além disso, foi diretor administrativo da Hamburg Süd Brasil, Uruguai e Argentina e da Aliança Navegação e Logística desde 1999, quando teve início o processo de retomada da cabotagem brasileira conteinerizada. Ele também foi responsável por consolidar a liderança da Hamburg Sud na região e liderou a integração com a Maersk.

A Maersk estabeleceu metas de representação de gênero em todos os níveis de gestão, a serem alcançadas até 2025. As metas são divididas por área de negócios e ancoradas na Equipe de Liderança Executiva. Schöner passará a fazer parte dos mais de 40% dos cargos de direção e gestão ocupados por mulheres. Essas metas estão associadas a ações recomendadas para atração, retenção e inclusão. A meta de representar as mulheres no Conselho de Administração foi alcançada em 2021.


    GHT     Jan de Nul     Antaq
             

Hidromares

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios