Paulo Otavio e Jonas BittarPor Paulo Octavio de Paiva Almeida e Jonas Bittar
• Estima-se que o transporte marítimo de contêineres, que movimenta 95% de todos os bens manufaturados, gere cerca de US$ 1 trilhão por ano. Tradicionalmente controlado por fundos soberanos e indivíduos donos de grandes fortunas, tem sido uma atividade fragmentada nos últimos 30 anos, com dúzias de operadores competindo entre si para oferecer o menor preço. Entretanto, o excesso de capacidade (navios) e a baixa atividade do comércio mundial forçaram os maiores operadores a se fundirem ou formarem alianças, para cortar centenas de milhões de dólares nos custos operacionais pelo compartilhamento de navios e escalas nos portos.